Blog


Como fazer mudança passo a passo

Publicado em 25 de Maio de 2018 às 11:48 AM

Fazer mudança de casa por conta própria é um processo trabalhoso, demorado e que requer muito planejamento. Porém, com boa organização, é possível realizá-lo sem maiores problemas e economizando bastante.

 

A tarefa principal é definir a ordem em que os itens serão transportados ao novo endereço, de modo que a família permaneça com os objetos de necessidade e uso cotidiano o tempo todo, sem passar aperto. Outro ponto muito importante é organizar e nomear as caixas de mudança com cuidado e detalhamento. Isso fará toda a diferença na hora de desempacotar e alocar os pertences na nova casa, economizando tempo e esforço.

Mudar de casa: como organizar
 

Por exemplo: roupas que amassam, como camisa e terno, devem ser levadas em cabideiros ou em caixas baixas, com até 25 cm de altura, e compridas, para que fiquem esticadas. Não adianta enfiar todas as peças em uma caixa gigante, pois isso dificultará sua vida mais tarde.

 

Tamanhos de caixas ideais para transportar cada tipo de item: CDs, bebidas e livros - caixas pequenas, pois são itens frágeis ou pesados

 

Ao comprar as embalagens, busque as que estiverem em melhor condição. "Não precisa ser nova, mas não pode estar muito avariada e ter sido usada muitas vezes, senão não vai aguentar."

 

Ao programar a mudança, você precisa definir a modalidade que melhor funciona para a sua família: mudar de uma vez ou aos pouquinhos. "Se tem criança ou idoso na casa, não dá para mudar de uma vez e atrapalhar a rotina deles."

 
 

Em todo caso, será necessário fazer uma mala pequena para cada membro da família com itens suficientes para 3 dias: troca de roupa, itens de higiene, lentes de contato, remédio de uso contínuo, etc.

 

Durante o processo, pare de fazer compras de supermercado muito grandes. "É como se estivesse indo viajar por algumas semanas. Compre mantimentos suficientes para a semana, para não precisar transportar."

 

Antes de começar a embalar, reforce as caixas por baixo com três passadas de fita.

 

Para facilitar o trabalho da equipe de mudança (e o seu, depois que se mudar), coloque plaquinhas nas portas dos cômodos da casa nova identificando cada um da mesma forma que usou nas caixas. Assim, você não terá de ficar transportando as caixas de um quarto para o outro.

 

O primeiro lugar que você deve organizar é a cozinha, pois é o cômodo mais utilizado por todos. Por último, ataque os locais menos usados, como escritório e louça de receber visita.

 

Já objetos da sala, por exemplo, como livros e enfeites, podem ser desempoeirados conforme forem sendo retirados das caixas e acomodados nas prateleiras.

No entanto, tenha em mente que você terá de limpar a casa inúmeras vezes: antes da mudança, depois e a cada vez que abrir uma nova caixa.

Apesar de as empresas de transporte oferecerem seguro dos itens, Ingrid recomenda que você leve consigo peças com alto valor sentimental, que não poderia ser substituídas mesmo com o retorno do dinheiro, como joias e enfeites de família, além de documentos pessoais.

Fonte: MARIANNA FEITEIRO (https://www.vix.com)

Voltar